Dicas para alugar apartamento em Chicago

Seguindo mais ou menos na linha do post "Top 5 Airbnb em Chicago (+ 1 surpresa)", esse post tem algumas dicas de bairros bacanas para locação de apartamentos e/ou casas para quem quer passar férias na cidade e se inserir um pouco mais no dia a dia de Chicago. 

Alias, em viagens recentes usei Airbnb/VRBO para justamente sair da regiao mais central/turistica das cidades e me integrar melhor ao dia a dia dos moradores. Acho o maximo a ideia! 

Mapa da região Central de Chicago 
PS - Chicago é conhecida como "Second City" portanto farei umas referencias a New York para facilitar a visualizacao do(s) bairro(s).

Zona 1
Burburinho central onde dá para fazer TUDO absolutamente a pé. Aqui estão  concentrados os high-rises da cidade, prédios residenciais com 30, 40, 50 andares e vários apartamentos  para sub-locação no Airbnb e VRBO. Para fins de referencia, Upper East Side/Upper West Side, Midtown kind of place rsrs
Bairros: Loop, River North, Near North Side, Old Town, Streeterville e Gold Coast.

Zona 2
Um pouquinho para Oeste, uma região mais residencial que está em expansão super rápida e concentra a zona de restaurantes mais cool da cidade. Para fins de referencia, seria mais ou menos o "Meatpacking District" de Chicago.
Bairro: Near West Side.

Zona 3) 
Mais a noroeste, ao longo da linha Azul do CTA e Milwaukee Avenue, a região hipster-chic da cidade com lojinhas, bares e restaurantes descolados. Aqui  impera as townhouses e predinhos de 4 andares. Para fins de referencia, seria mais ou menos o Brooklyn de Chicago.
Bairros: Wicker Park e Bucktown.

Zona 4
Ao norte da região central, área bem residencial com alguns “pockets” de áreas comerciais bacanas como Armitage Ave, North Ave ou Southport Ave. Ao longo do lago na Lake Shore Drive estão os prédios altos com garagem, já indo mais para o “interior” também  dominam as townhouses e predinhos. Para fins de referencia, seria mais ou menos o Lower East Side.
Bairros: Lincoln Part, Lakeview e Roscoe Village.

Nas Zonas 1 e 2 imperam os grandes prédios  residencias e a maioria oferece garagem por um preco adicional ($15-20/dia). Já nas Zonas 3 e 4 as “townhouses” dominam: sobrados de 2-3 andares que podem ser para 1 família ou para múltiplas famílias (para os sobrados de múltiplas famílias  - cada família tem um andar dedicado). Nem todas as townhouses oferecem garagem, mas é muito comum e seguro estacionar  na rua. Só  precisa se atentar para as restrições de estacionamento em algumas zonas, pois em algumas ruas somente moradores com selo de permissão podem estacionar.

Como se deslocar na cidade
A parte central Chicago é bem compacta e urbana, mais ou menos como Manhattan. Portanto, não compensa alugar carro para se deslocar dentro da cidade. Ainda, para facilitar o deslocamento vale a pena buscar apartamento/casa que seja próximo a uma linha do metro (CTA) ou de uma avenida principal onde passam ônibus  (normalmente vazios) regularmente.

Como mencionado no post “Chegando e Circulando em Chicago”, o transporte público funciona bem e a maneira mais tranquila de circular é usando os trens da CTA. Além disso, taxi é baratíssimo e confiável. E ainda tem Uber e Lyft pela cidade toda. Agora, quando o plano for sair da cidade para fazer um bate-volta ou compras nos outlets, aí  sim carro ajuda bastante.


Clique no link para continuar Explorando Chicago