Chicago Must See - os pontos turísticos que não dá para perder! (PT)

Esse post lista os pontos turísticos classicos que genuinamente merecem ser vistos, além de alguns outros lugares que valem ser visitados se tiver mais do que 3 dias na cidade. 

A melhor maneira de começar a explorar Chicago é um passeio a pé pelo Loop, para entender porque a arquitetura da cidade é mundialmente famosa. A "Chicago Architecture Foundation" oferece vários tours pelo centro da cidade. Entre eles, alguns que valem a pena: tour "Centro Histórico: Rise of the Skyscraper" que começa diariamente às 10h durante todo o ano. O passeio a pé de 2 horas leva você para os mais antigos arranha-céus do Loop e explica tudo sobre a evolução arquitetônica da cidade. Vale a pena pelas fotos! Outro passeio popular "Arranha-céus modernos" começa diariamente às 13:00. Nessas andanças pelo Loop, em algum momento voce vai se deparar com esculturas de Picasso e Miro, livre e gratis!


Notinha: Tambem existem os populares onibus vermelhos de dois andares hop on/hop off que circula pelas areas principais da cidade. Para mais informacoes sobre horarios e itinerario, consultar o Chicago Trolley & Double Decker Co. Mas como da para observar no mapa mais abaixo, as atracoes se concentram em uma area relativamente pequena, que da para fazer a pe com certeza!

Seguindo com o passeio a pé: vale uma visita a um dos edifícios mais altos nos EUA, a Willis Tower e o The Skydeck (prepare-se para filas, principalmente se for no final de semana).  O ingresso do Skydeck pode ser comprado na hora ou fazer parte do Chicago CityPASS (sobre o qual escrevi o post Chicago CityPASS - prós & contras)



Para os afficionados por arquitetaura: American Institute of Architects acabou de publicar a terceira edicao do AIA Guide to Chicago, que oferece uma visao holistica sobre a arquitetatura da cidade, bairro por bairro. Vale nao so para turistas para tambem para os locais.



Confira os enormes rostos de tela de vídeo na Crown Fountain, em seguida, passeie ao redor (e sob) a escultura em forma de feijão de Anish Kapoor, a Cloud Gate. Aqui é o outro ponto que vale milhares de fotos de todos os ângulos! O impressionante Pavilhão Pritzker de Música foi projetado por Frank Gehry e assistir um musical no gramado fazendo um pic-nic é delicioso! No inverno há uma pista de patinação no gelo, você paga UD$10 para alugar os patins e usar a pista. No verão, a maneira mais original e bacana de conhecer o Millennium Park, Grant Park e Campus Museum é de segway. (aqui algumas empresas que oferecem o tour: Chicago Segway Tour, Steve's Segway Tour. Mas tem varios outros por ali, vale pesquisar inclusive em sites de desconto como Groupon, Living Social, etc.)

Crown Fountain no Millennium Park (fotografada depois da nevasca de 2011)

Logo do outro lado da rua do "Chicago Architecture Foundation" se destaca uma das instituições culturais mais prestigiadas da cidade: O Art Institute de Chicago. Se você tem tempo apenas para um museu enquanto estiver aqui, este é "O" museu a ser visitado! O Art Institute tem uma coleção incrivel e dá para passar o dia todo por lá tranquilamente. No entanto, se o tempo for limitado, duas área do museo são imperdíveis: a coleção Impressionista que é mundialmente famosa, seguido da galeria de arte Americana do século 20, que abriga obras-primas como Nighthawks de Edward Hopper. Além disso tem Andy Warhol, Dalí, Picasso, Van Gogh, etc ... É demais!
A visita ao acervo geral é gratuíto para residentes de Illinois as quintas-feira das 5pm-8pm. No entanto, para exibicoes especiais normalmente tem que pagar ingresso.
O ingresso do Art Institute tambem pode ser uma opção do Chicago CityPASS (Chicago CityPASS - prós & contras)



Observacao importante para marco histórico! Quase em frente a entrada principal do Art Institute, ali no cruzamento entre Adams St x Michigan Av, há o sinal que indica o início da famosa Route 66! A rota começa em Chicago e termina em Santa Monica, Califórnia. Vale a foto da placa!



Michigan Avenue (A.K.A Magnificent Mile)
A Magnificent Mile é a coluna vertebral e principal avenida da cidade. Hotéis, lojas, bares e restaurantes se aglomeram nas arredondezas (para dicas de compras na Michigan Ave, de uma olhada neste post). Sob a ponte sobre o rio Chicago, sai o passeio de barco Wendella, que irá levá-lo para um cruzeiro no rio, bem como cruzeiro do Lago Michigan (certifique-se de pedir ambos os passeios). O passeio de barco é imperdível na primavera/verão/outono; o skyline da cidade desde o lago é de arrepiar.
Uma otima opção para comer por ali é a Eatelya gigantesca loja gourmet com vários restaurantes e bares italianos, além de um cantinho reservado para Nutella!

As tulipas na Michigan Avenue no inicio da primavera sempre atraem muita gente
360º Chicago (antigo John Hancock Observatory)
Esse é o terceiro edifício mais alto de Chicago, mas a vista do topo é a mais espetacular: Nas condições climáticas adequadas, você pode ver outros três estados (Wisconsin, Indiana e Michigan). A "dica" para subir sem pagar é pegar o elevador para o bar Signature Room no 95 andar. Depois de observar a vista de todos os ângulos, dá para beber algo e relaxar. Agora também é possivel ir até o observatório oficial por USD18 e literalmente deitar nas janelas! "Tilt at the Jonh Hancock" é bem legal para ver a cidade sobre um novo angulo. Na descida vale experimentar o cheesecake maravilhoso no The Cheesecake Factory e ser feliz sem pensar em calorias.
A visita ao observatorio que faz parte do Chicago CityPASS, mas o Tilt deve ser pago a parte  (Chicago CityPASS - prós & contras)

O complexo de museus fica ao sul/leste do Grant Park e é formada pelo Field Museum of Natural HistoryShedd Aquarium and Adler Planetarium. A área vale muito a visita, não só pelo conteúdo de cada atração, mas também pelas belissimas vistas da cidade que oferece tanto durante o dia como a noite. Se o passeio for com crianças, aí essa área se torna imperdível. Uma ideia bacana é chegar até a região pedalando pela ciclovia ao longo do Lago Michigan.
Todas as atracoes do Museum Campos estão contempladas pelo Chicago CityPASS, veja o post para Chicago CityPASS - prós & contras as possiveis alternativas.

 

Um dos museus mais legais da cidade, logo ali entre Michican Ave, John Hangcok e Water Towers. Gratuito para os residentes de Illinois todas as terças-feiras do ano.

Lincoln Park Zoo 
Uma instituição local, todo mundo ama o Lincoln Park e o zoo. No entanto, digo de antemao que este zoológico não vai impressioná-lo, mas está de bom tamanho por ser grátis. E para quem esta com criancas, é imperdivel. Vale muito a pena andar pelo parque no verão, trazer uma toalha, fazer um pic-nic, ler um livro e tomar sol.



Navy Pier 
Sim, é super turístico e esta sempre lotado ... mas é um lugar famoso na cidade. Eu iria lá somente se não tivesse mais nada a fazer ou se estivesse visitando a cidade com crianças ...

Tour de ônibus noturno de duas horas que passa por todos os pontos históricos relacionados com os gangsters, a era de Al Capone e da Lei Seca. A excursão é divertida e elucidativa. Na mesma linha, existe também o Chicago Film Tour, que passa por todos os pontos de Chicago que já apareceram nas grandes produções de Hollywood.

Perguntas? Comente aqui no post, mande uma mensagem no "Fale Comigo" aqui na coluna da direita ou da uma olhada no Perguntas & Respostas do World, Surprise me! Tentarei responder o mais breve possivel.


Mapa com as atracoes principais da area central de Chicago: 
  

View Chicago

Clique no link para continuar Explorando Chicago

Exemplos bacanas da arquitetura da cidade:
1) Pritzker Pavillion (aqui fotografado depois de uma nevasca)
2) Aqua Building
3) Library of the University of Chicago

 

Atualização | 08.dez.2014