Chegando & Circulando por Chicago

CHEGANDO

AEROPORTOS

Chicago é um dos centros aeroportuários mais movimentado do mundo, o Aeroporto Internacional Midway é basicamente o aeroporto das companias "low-cost" e voos regionais, já o Aeroporto Internacional O'Hare é o aeroporto gigantesco, hub da United e que tem voos para quase todos os países do mundo. 
Quem vem direto do Brasil chega em O'hare. Já quem faz conexão dentro dos EUA pode chegar tanto por O'hare como Midway.

Ambos aeroportos estão conectados com o centro da ciadade através de metro (trens da CTA). A Linha Laranja (orange line) serve Midway e a Linha Azul (blue line) serve O'hare. Vale a pena pegar o metro tanto em termos de custo como tempo para chegar até o centro, principalmente se chegar nos horários de pico. Chegando pelo Terminal Internacional em O'hare (T5) énecessário pegar um trem dentro do aeroporto para chegar até os terminais que dão acesso a estação do CTA. Chegando por terminais domésticos após  conexão (T1, T2 e T3), é so seguir os sinais para o sub-solo do aeroporto.
Placas no aeroporto de O'hare para localizar transporte publico
Outra maneira popular e mais barata do que o taxi tradicional para chegar a downtown é o servico de vans/shuttle chamado Airport Express. O serviço de taxi regular de O'hare até o centro vai sair por volta de USD40 (com gorjeta) e pode levar entre 30'-1h30 dependendo do horário e trânsito. Para quem gosta dos sistemas de "carona compartilhada" como Uber ou Lift, épossível  agendar um carro para buscar nos aeroportos.
Passagem subterranea "psicodelica" no aeroporto O'hare
FERROVIAS
O transporte ferroviário de passageiros nos EUA não é tão sofisticado e fácil como na Europa. Além disso, não é muito usado por brasileiros ... De qualquer modo, a AMTRAK tem trens que saem da Union Station para várias  cidades do Midwest com conexões que podem chegar até a California.

CIRCULANDO

A melhor maneira de circular pela região central entre o Loop, Millenium Park e a Gold Coast é a pé mesmo, calmamente apreciando a arquitetura e as lojas. Andar de táxi nessa área tambem é barato e rápido. Uma opção mais bacana ainda que conecta o Loop, o Museum Campus e o Navy Pier é o Water Taxi pelo rio e lago Michigan, melhor maneira de se locomover na região  durante o verão. Certamente não vale dirigir em função do estress para estacionar na região central. Já para andar pelos bairros do Oeste e Norte, a melhor recomendaçãé pegar o metrô (ou "L" ou CTA, como eles chamam aqui) ou mesmo ônibus. Para quem conhece e confia nos novos sistemas "rideshare", Uber e Lift estão pela cidade toda.


ALUGUEL DE CARRO
Sempre me perguntam sobre aluguel de carro, se vale a pena pelo custo, distâncias, etc. A decisão é bastante pessoal - particularmente uso transporte público ou bike para quase tudo, acho que estacionar no centro é super chato. Prefiro pegar taxi, trem ou pedalar e ir direto onde programei sem stress. Mas muita gente gosta do conforto e flexibilidade do carro, portanto como disse inicialmente, é uma decisão pessoal. 

De qualquer maneira, meus pitacos:
  • Para quem está hospedado em River North, Loop, Streeterville, a resposta é NÃO, NÃO e NÃO. Dirigir vai ser mil vezes mais complexo do que pegar transporte público ou taxi. A única  exceção válida é alugar carro no dia de compras nos outlets.
  • Agora, se por alguma razão o hotel for em algum subúrbio, aí há mais fatores para considerar. Se tiver uma estação do Metra, trem suburbano de boa qualidade, confiança e segurança a uma distância razoável do hotel, essa seria minha primeira opção. No entanto, se o Metra for inviável,  aí resta somente o carro mesmo. Fora dos horários de pico, o carro certamente será mais rápido ir até o centro do que o Metra, mas para estacionar pode custar entre $5-20/hora. A dica é procurar estacionamento na rua no West Loop (coloca no GPS algo tipo cruzamento da Madison x Green). Nesta região ainda é possível achar estacionamento de rua grátis e de lá dá para pegar um taxi para o centro. Pertinho e seguro. 
Sistema de bicicletas compartilhadas que funciona extremamente bem durante o verão! Chicago é uma cidade absolutamente plana e perfeita para pedalar e os pontos estao espalhados pela cidade toda. Verifique os precos diarios e taxas cobradas apos 2h de pedalada. Do ponto de vista financeiro, o ideal é fazer um 'check-in" da bike a cada 30'. Mas se passar também, as taxas não são tão terriveis ...
Varias ruas no centro tem faixas exclusivas para bicletas, alem da trilha ao longo do lago que tem uma vista maravilhosa. Uma excelente maneira de circular pela cidade.
Clique aqui para o Chicago Bike Map!
TRANSPORTE PUBLICO E O CARTAO VENTRA
Para quem fica na cidade mais de 10 dias, a dica para usufruir dos ônibus e metrôs ("L" ou CTA) com mais tranquilidade é adquirir o cartão VENTRA - o cartão funciona como um cartão pré-pago que você pode incluir o crédito que achar necessário, $5, $10, $20, etc. 
Já quem vai utilizar o transporte poucas vezes, ai o mais pratico mesmo é pagar ônibus com dinheiro na porta de entrada, mas cuidado porque os motoristas/cobradores não devolvem troco. Ja as maquinas de venda de bilhete de metrô devolve troco. Passes de estudante estao disponiveis somente para quem estuda em Chicago ou arredores. Normalmente estao a venda na secretaria da escola ou instituicao.

Esse é o mapa Downtown Transit Sightseeing da CTA  com todas as dicas sobre transporte publico e detalhes sobre os lugares que valem ser vistos no centro da cidade. Clique no link para versao expandida.
   

Clique no link para continuar Explorando Chicago

Atualização | 06.out.2015